08 maio 2007

Asas

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Entro no meu sonho
bato as minhas asas
inicio o meu voo

Pairando no ar
passo as nuvens
e continuo a voar

Aproximo-me do céu azul
continuando a voar
alcançando o sol

Sinto um calor forte
vejo as minhas asas arder
fico suspenso sem suporte

Inicio a queda
em direcção ao vazio espaço
sem rede nem direcção

No momento final
preparo-me para o choque
acordo sem saber o que é real

9 comentários:

Oz disse...

Todos queremos asas para voar, mesmo quando o perigo da queda sem rede é uma possibilidade.

Will disse...

Calma... não houve choque nenhum: foi só um sonho.
Apenas a parte do voar é real =)

pedropina disse...

.....eu também nao sei o k é real....e às vezes nao kero saber...

mas sei uma coisa, tu és uma pessoa muito especial...de todos os teus posts, poemas, palavras, sonhos, coments, ....

obrgd por partilhares toda essa sensiblidade e magia que respiras

hug

p.p.

Lu@r disse...

O choque foi real...

pedropina disse...

entao nao é k pessoalmente ainda és mais especial k todos os teus posts, poemas, palavras, sonhos, coments?

hug, p.p.

pedropina disse...

ah! obrgd!

Hugo disse...

Mas que asas tão farfalhudas e alvas que o nosso ícaro tem =)

Valter Ferreira disse...

adorei a foto e o k ta la escrito...tb kero umas asas dessas...

Ana disse...

Para aprender a voar, sofremos sempre algumas quedas.
Com o passar do tempo cada vez voamos mais alto,
e as quedas tornam-se menos frequentes.
Mas, uma vez que caias,
o choque será maior.
No entanto, nunca te esqueças que tudo vale a pena em prol de um voo mágico.

Um abraço. Adorei o teu blog e a tua expressividade.